Skip to content

Dieta dos Pontos – Transforme as Calorias em Pontos e Emagreça

Dieta dos Pontos

Se você está cansado(a) de ter que sofrer para emagrecer, a dieta dos pontos pode te livrar disso, visto que sua proposta é totalmente diferente do convencional.

Em geral, os métodos para emagrecer visam mudar os hábitos alimentares, inibindo qualquer coisa que possa ter calorias, gorduras e malefícios em excesso.

Em certo ponto isso é bom, mas a questão é a frustração gerada, que faz muitos desistirem do objetivo, por não resistirem a um chocolate.

Se este é o seu problema, saiba que existe o método certo pra você, e esse diz respeito à dieta dos pontos, que não foca no que se come e sim no quanto.

Continue até o fim, pois aqui poderá encontrar informações completas sobre a dieta dos pontos, que dificilmente são encontradas gratuitamente na internet com riqueza de detalhes.

Como funciona a dieta dos pontos?

A dieta dos pontos, como o próprio nome sugere, consiste na contagem de calorias, transformando-as em pontos.

Basicamente, a dieta dos pontos funciona com uma determinada quantidade de calorias permitidas para cada pessoa, que varia de acordo com sua idade, sexo e peso.

Para facilitar a contagem, a dieta dos pontos transforma as calorias em pontos, assim fica muito mais fácil saber a quantidade que pode comer ao longo do dia.

Sua eficiência se dá por garantir que a pessoa coma apenas o que o corpo dela precisa, assim não sobram calorias para acabar engordando.

É de conhecimento geral que a principal razão para o aumento de peso é o consumo de mais calorias do que o corpo consegue queimar.

A dieta dos pontos propõe que se consuma apenas o que o corpo pode eliminar, assim não se ganha peso e é possível manter o corpo saudável.

Em um primeiro momento, ela age provocando a queima real de calorias, uma vez que o corpo passa por uma mudança de hábitos alimentares.

Depois que se acostuma, a pessoa entra na fase de mantimento, ou seja, se mantém consumindo apenas o necessário e dessa forma consegue ter o seu corpo em equilíbrio.

A principal vantagem da dieta dos pontos é que nada, exatamente nada, é proibido, uma vez que tudo pode ser convertido em pontos.

Mas, claro que quanto mais calórico for um alimento, mais pontos consumirá, assim sobrarão poucos para as outras refeições diárias.

Sendo assim, o importante é sempre manter o equilíbrio, dessa forma é possível ter o corpo que sempre quis, sem ter que abrir mão de suas vontades e prazeres.

Certamente a dieta dos pontos traz grandes resultados, além de garantir mais tranquilidade e felicidade no processo de perda de peso.

Por que proibir não funciona para a maior parte das pessoas

Por que proibir não funciona para a maior parte das pessoasSomos acostumados a acreditar que para emagrecer é preciso fechar a boca e esquecer os doces e massas, mas será que realmente é verdade?

Para este tipo de dieta nós damos o nome de restritiva, ou seja, a pessoa é privada de consumir alguns tipos de alimentos.

Mas a grande questão é que não é todo mundo que consegue seguir este método, sendo que a maior parte das pessoas acaba desistindo.

Muitos costumam associar esta desistência com falta de força de vontade, mas a verdade é que a privação não coloca apenas em prova a determinação, e sim as emoções.

Para que você entenda, vamos criar uma situação, imagine que uma pessoa adora comer doces, e todos os dias precisa de um chocolate ao fim do dia, sendo este para ela uma espécie de terapia e recompensa por ter cumprido seu dia.

Caso esta mesma pessoa passe a seguir uma dieta que proíba o consumo de doces, ao chegar no terceiro dia terá uma espécie de frustração, pois aquilo que amava e tinha como prazer não pode mais fazer.

Devemos esquecer que emagrecer deve ser doloroso, pois isso não é verdade, o que de fato é doloroso é usar métodos radicais, que colocam em jogo a satisfação pessoal do indivíduo.

Esta situação não é tão difícil de ser vista, pois a maior parte das pessoas desiste de emagrecer, pois tenta métodos que proíbem tudo que elas costumavam comer.

O ideal é manter o equilibro e se atentar às quantidades, pois nada faz mal se for consumido com cuidado e consciência de seus efeitos e quantidades adequadas.

E esta é uma grande vantagem da dieta dos pontos, visto que sua quantidade de comida é personalizada, então não existe comparação com os outros métodos e nem chance de não obter resultados.

A dieta dos pontos pode ser usada como estilo de vida?

Acabamos dando uma pista da resposta ao longo deste artigo, mas caso você ainda esteja na dúvida, a resposta é sim, a dieta dos pontos é ideal para seguir como estilo de vida.

A razão disto é que se trata de um plano alimentar personalizado, dessa forma, você consome as calorias ideais para manter sua saúde e seu peso de acordo com o que deseja e precisa.

Além disso, você não viverá com restrições para sempre, e como a dieta dos pontos não tem essa regra, é ideal para seguir pelo tempo que quiser.

Mas lembre-se, tenha preferência por alimentos saudáveis, caso contrário não emagrecerá, e ainda poderá ter problemas com a nutrição de seu corpo.

O ideal é manter um bom equilíbrio entre suas vontades e suas necessidades, assim sua mente e seu corpo estarão em sintonia e saudáveis!

Como calcular a quantidade de calorias ideal na dieta dos pontos?

Como calcular a quantidade de calorias ideal na dieta dos pontosEste talvez seja o tópico mais importante do artigo, visto que é aqui que você verá como calcular e dessa forma saber quantos pontos pode consumir em sua dieta dos pontos diária.

Devemos lembrar que isto é pessoal, ou seja, a quantidade de pontos ideal para você não é a mesma de outra pessoa, e vice-versa.

A quantidade de pontos varia de acordo com o sexo, a idade e o peso do indivíduo, sendo assim você calcula da seguinte forma:

Se for mulher:

  • Dos 10 aos 18 anos: seu peso x 12,2 + 746 pontos
  • Dos 18 aos 30 anos: seu peso x 14,7 + 496 pontos
  • Dos 30 aos 60 anos: seu peso x 8,7 + 829 pontos
  • A partir dos 60 anos: seu peso x 10,5 + 596 pontos

Vale lembrar que esta quantidade é para quem pretende manter o peso que tem, caso você deseja emagrecer, em um primeiro momento terá que consumir menos calorias na sua dieta dos pontos.

Sendo assim, é preciso diminuir de 200 a 300 calorias ao dia, vá fazendo testes, pois é importante que você não tenha fome, pois isso acabará te deixando frustrado e irritado.

Caso você pratique atividades físicas constantes pode aumentar seu consumo para 200 ou 300 calorias a mais, tudo depende da intensidade de seus exercícios.

A razão para isto é que você acaba queimando calorias, e por ser o valor ajustado apenas para a queima normal do organismo, poderia faltar energia caso consumisse apenas aquela quantidade.

Seguindo estas recomendações será muito mais simples fazer a dieta dos pontos e emagrecer sem passar fome!

Quantos pontos cada alimento vale – lista com 80 opções para usar em sua dieta

Para te ajudar em sua dieta dos pontos, separamos alguns alimentos e seus respectivos pontos para facilitar o cálculo.

Gorduras e castanhas

  • 1 colher de sopa de azeite de oliva – 20 pontos
  • 1 colher de chá de manteiga – 20 pontos
  • 1 colher de sopa de creme de leite – 17 pontos
  • 1 unidade de castanha-do-Pará 10 pontos
  • 1 fatia fina de bacon 20 pontos
  • 1 colher de chá de margarina – 20 pontos
  • 1 noz – 10 pontos
  • 1 colher de sopa de amendoim – 10 pontos
  • 1 colher de sopa de castanha de caju – 35 pontos
  • 1 colher de sopa de chantilly – 20 pontos

Leite, ovo, iogurte e queijos

  • 200 ml de leite integral – 40 pontos
  • 1 ovo – 20 pontos
  • 1 colher de sopa de requeijão – 20 pontos
  • 1 fatia de ricota – 25 pontos
  • 1 fatia de mussarela – 20 pontos
  • 200 gramas de iogurte natural integral – 40 pontos
  • 1 embalagem de leite fermentado – 15 pontos
  • 1 fatia de queijo branco light – 15 pontos
  • 2 colheres de chá de queijo parmesão ralado – 10 pontos
  • 200 ml de leite desnatado – 20 pontos

Grãos, raízes e cereais

  • 1 colher de sopa de arroz branco – 10 pontos
  • 1 colher de sopa de arroz integral – 10 pontos
  • 1 batata doce média – 40 pontos
  • 10 palitos de batata-frita – 80 pontos
  • 150 gramas de feijão – 27 pontos
  • 1 colher de sopa de lentilha – 5 pontos
  • 1 pedaço de mandioca cozida – 20 pontos
  • 1 pedaço de mandioca frita – 60 pontos
  • 1 colher de sopa de milho – 7 pontos
  • 1 colher de sopa de risoto – 20 pontos

Verduras e legumesVerduras e legumes

  • 1 colher de sopa de vagem – 5 pontos
  • 1 palmito – 6 pontos
  • 2 colheres de sopa de berinjela – 10 pontos
  • 2 colheres de sopa de cenoura – 10 pontos
  • 2 colheres de sopa de quiabo – 10 pontos
  • 3 buquês médios de brócolis – 10 pontos
  • 2 colheres de sopa de abobrinha – 10 pontos
  • 2 colheres de sopa de chuchu – 10 pontos
  • 2 colheres de sopa de beterraba – 10 pontos
  • 2 colheres de sopa de abóbora – 10 pontos

Massas

  • 1 xícara de chá de espaguete – 30 pontos
  • 1 xícara de chá de ravióli – 50 pontos
  • 1 cachorro-quente – 92 pontos
  • 1 cheeseburguer – 120 pontos
  • 1 beirute – 150 pontos
  • 1 Big Mac – 164 pontos
  • 190 gramas de lasanha à bolonhesa – 175 pontos
  • 1 esfiha – 60 pontos
  • 1 pastel grande – 100 pontos
  • 1 fatia média de pizza – 120 pontos

Biscoitos e pães

  • 1 cookie – 15 pontos
  • 1 biscoito de água e sal – 8 pontos
  • 1 biscoito recheado – 18 pontos
  • 1 bisnaguinha – 20 pontos
  • 1 pão de batata sem recheio – 40 pontos
  • 1 pão francês – 40 pontos
  • 1 pão de queijo médio – 40 pontos
  • 1 pacote de biscoito integral Club Social – 35 pontos
  • 80 gramas de panetone – 80 pontos
  • 50 gramas de biscoito de polvilho – 60 pontos

Frutos do mar e peixes

  • 1 sardinha no óleo – 20 pontos
  • 1 sushi – 15 pontos
  • 150 gramas de filé de pescada branca – 30 pontos
  • 100 gramas de bacalhau – 40 pontos
  • 1 prato de sobremesa de camarão – 40 pontos
  • 3 colheres de sopa de atum no óleo – 40 pontos
  • 100 gramas de Merluza – 40 pontos
  • 5 ostras – 20 pontos
  • 2 fatias de salmão – 25 pontos
  • 1 temaki – 40 pontos

Carnes vermelhas, suínas e aves

  • 100 gramas de filé de frango – 45 pontos
  • 100 gramas de alcatra, contrafilé ou patinho – 56 pontos
  • 1 linguiça média – 45 pontos
  • 5 fatias finas de picanha – 100 pontos
  • 1 hambúrguer bovino – 30 pontos
  • 3 fatias de maminha – 30 pontos
  • 3 colheres de sopa de estrogonofe de carne – 45 pontos
  • 1 colher de sopa de carne seca – 23 pontos
  • 25 gramas de almôndega de carne vermelha – 23 pontos
  • 50 gramas de nuggets de frango – 30 pontos

Frios

  • 1 fatia de presunto cru – 10 pontos
  • 1 fatia fina de salame – 5 pontos
  • 1 salsicha suína – 30 pontos
  • 100 gramas de tender – 45 pontos
  • 1 fatia de peito de peru defumado – 10 pontos
  • 1 fatia fina de mortadela – 15 pontos
  • 60 gramas de quibe assado – 50 pontos
  • 1 fatia fina de rosbife – 5 pontos
  • 1 quibe frito – 90 pontos
  • 2 salsichas de frango – 30 pontos

A partir destes grupos de alimentos é possível montar um bom plano alimentar, mas lembre-se que existem muito mais alimentos que não citamos, pois quisemos fazer de fato um resumo.

Também devemos lembrar que você pode comer o que quiser, inclusive alimentos menos saudáveis que não estão nesta lista, como é o caso dos doces.

Estas foram as principais informações sobre a dieta dos pontos, esperamos que tenham sido úteis para te ajudar a perder peso sem perder a satisfação de comer o que deseja!

5/5 - (1 vote)
Compartilhar:

Gostou? Alguma dúvida? Deixe seu comentário!

comentários

Método Revolucionário Elimina Até 10kg em 27 dias!Clique Aqui!