Skip to content

Dieta da Proteína: Emagreça Rápido e Efetivo – Cardápio para 5 Dias

Dieta da Proteína

A dieta da proteína é uma excelente maneira de perder peso, estando bem saciado e mantendo condições físicas para a prática de exercícios.

Sabemos que nem todo mundo tem facilidade em seguir planos de emagrecimento, principalmente quando incluem apenas verduras e grãos leves isso se torna ainda mais complicado, uma vez que não se tem ânimo para continuar.

Por esta razão, se você tem terror às dietas por pensar que vai passar fome, certamente conhecer a dieta da proteína será uma excelente experiência, pois com ela você não terá este problema.

Para que conheça melhor, neste artigo reunimos as melhores e mais relevantes informações sobre ela, assim é possível avaliar todos os pontos e ver se de fato é para você.

Por isso, não deixe de verificar se os pontos principais se ajustam às suas necessidades, e caso sim, invista em um dos melhores métodos para perder peso!

O que é a dieta da proteína?

A dieta da proteína consiste em um plano alimentar no qual a pessoa prioriza o consumo de proteínas, de forma que isto ajuda na perda de peso.

A maior parte das pessoas consome todos os dias ao menos uma fonte de proteínas por refeição, e isto é importante para garantir que as principais funções do organismo se efetivem.

Mas, o que pouca gente sabe é que isto também tem um papel muito importante no tocante ao emagrecimento, visto que as proteínas são fundamentais para conseguir resultados rápidos e efetivos.

Um dos maiores problemas de quem está acima do peso é o fato da dificuldade em diminuir a quantidade de alimentos que ingere, uma vez que se está tão acostumado a comer daquela forma, que quando precisa diminuir, o processo se torna dificultoso.

Neste sentido as proteínas podem te ajudar, uma vez que estes nutrientes são responsáveis pela sensação de saciedade que temos após as refeições.

Isto ocorre porque as proteínas têm o processo de digestão mais lento, por terem estruturas mais difíceis de quebrar, e com isso você sente-se cheio por um período bem maior.

Dessa forma, será muito mais fácil realizar um dos requerimentos do emagrecimento que é diminuir a quantidade de alimentos que consome, visto que com menos fome, se come menos.

Além disso, por serem mais difíceis de digerir, estes nutrientes exigem uma quantidade maior de calorias e energia para ocorrer a sua desestruturação, o que também ajuda a perder peso.

Certamente as proteínas têm alto potencial para o emagrecimento, por esta razão este é um dos métodos para perder peso mais seguidos neste meio.

Quais alimentos são permitidos na dieta da proteína?

Depois de termos conhecido este método, fica mais simples dizer quais são os alimentos permitidos, visto que o próprio nome e a prática sugerem esta informação.

Basicamente todos os tipos de proteínas são permitidos, sendo os principais deles as carnes, sejam elas vermelhas ou brancas, de aves ou peixes.

Mas, por muitas vezes nem nos atentamos que existem muitas outras fontes de proteínas além das carnes, e estas são mais óbvias do que parece.

A principal delas é o leite, seja ele de origem animal ou vegetal, assim como todos os seus derivados, sendo os diferentes tipos de queijos, iogurtes, manteiga e muitos outros que são facilmente inclusos na dieta da proteína.

Além disso, os grãos e leguminosas também são fontes significativas deste nutriente, sendo os principais o feijão (de todos os tipos), a aveia, a lentilha, o grão-de-bico e também a quinoa, que é excelente para incrementar pratos.

Muitas verduras e legumes também trazem grande contribuição para a dieta da proteína, visto que são fontes riquíssimas deste nutriente, sendo que as principais são as folhagens, que além de serem repletas de vitaminas e minerais, também contam com boa quantidade de proteína.

Vamos citar agora algumas destas, assim será fácil escolher aquelas para incluir em seu cardápio: pimentão, tomate, repolho, couve-flor, espinafre, brócolis, salsa e pepino.

Por fim não podemos nos esquecer dos ovos, pois estes são os mais consumidos e que trazem benefícios de forma mais significativa, além de terem muitos tipos de preparação, tornando o menu bem mais variado.

Quais alimentos são proibidos e por quê?

Você já tem uma ideia do que precisa consumir na dieta da proteína, e agora vamos apresentar os alimentos proibidos, dessa forma seus esforços não serão desperdiçados pelo consumo de coisas inadequadas.

Quando tratamos de alimentos proibidos nos referimos a aqueles que podem trazer efeitos contrários e prejudicar a ação das proteínas, e dessa forma você não consegue atingir os resultados que espera.

O principal grupo contraindicado da dieta da proteína é o dos carboidratos, pois estes, embora tenham funções essenciais para o organismo, também são grandes responsáveis pelo aumento de peso, quando são consumidos em excesso e não há a queima destas calorias.

O grande problema é que com o aumento do consumo de proteínas, incluir uma boa porcentagem de carboidratos pode acabar sendo demais, e assim a queima de gorduras não ocorre.

Devemos lembrar que o consumo de carboidratos não é necessariamente proibido, e sim que é preciso diminuir de forma significativa a quantidade.

Além deste, as gorduras também não são permitidas, sejam elas trans, saturadas e até mesmo aquelas que encontramos nos alimentos.

Por esta razão, muitas fontes de proteínas também acabam sendo vetadas, sendo um exemplo o leite integral, que tem uma quantidade alta de gordura e deve ser substituído pelo desnatado.

Também se deve evitar o consumo de alimentos com alto teor de açúcar e sódio, uma vez que estes prejudicam as funções do organismo e produzem gorduras localizadas, que são difíceis para eliminar.

Tendo cuidado com estes alimentos a sua dieta terá tudo para ir bem, então se atente a isto quando for montar seu cardápio.

Quais benefícios e desvantagens podem ser observados na dieta da proteína?

Em toda forma de se alimentar podemos encontrar vantagens e desvantagens, em especial nas dietas que costumam aumentar o consumo de alguns grupos nutricionais e proibir outros.

Com a dieta da proteína não é diferente, uma vez que ela aumenta drasticamente o consumo de proteínas, o que geralmente não é recomendado pelos nutricionistas para que haja equilíbrio.

Já que tocamos neste ponto, vamos começar falando sobre as desvantagens, sendo que a primeira delas é o fato de não ter um cardápio tão variado no que se trata de tipos de nutrientes.

Além disso, a dieta da proteína não pode ser seguida por muito tempo, o que é explicado pelo fato de excluir alguns grupos de nutrientes essenciais para o mantimento de uma boa saúde.

Por fim, outra desvantagem significativa é que as proteínas exigem mais energia para serem digeridas, e por isso a pessoa sente-se mais cansada ao longo do dia, o que pode prejudicar as atividades diárias.

Agora, vamos tratar sobre as vantagens, que certamente são muito atraentes e fazem muitas pessoas desconsiderarem as desvantagens e segui-la.

A primeira vantagem da dieta da proteína é o fato de promover o emagrecimento de forma mais rápida que outros métodos para perder peso, uma vez que força o corpo a queimar calorias e gorduras.

Além disso, as proteínas são as principais responsáveis pela produção das fibras musculares, e dessa forma a dieta permite que seus músculos fiquem mais saudáveis e propensos à prática de exercícios físicos.

Por fim, com a dieta da proteína você evita o consumo de alimentos em excesso, além de eliminar gorduras, açúcares e sais, possibilitando maiores vantagens à saúde vascular.

A dieta da proteína é liberada para todo mundo?

Caso você tenha se animado com a dieta da proteína é preciso saber se este método é indicado para você, uma vez que existem alguns casos que tornam o segmento inadequado para a saúde.

Devemos lembrar que este método é restritivo em alguns pontos e aumentativo em outros, sendo assim acaba não sendo uma boa ideia para quem tem doenças que exigem o consumo de carboidratos, que são reduzidos.

O primeiro grupo que não deve seguir a dieta da proteína antes de falar com um médico é o dos diabéticos, pois estes precisam manter sua rotina alimentar muito bem equilibrada, portanto dietas deste tipo não suprem todas as necessidades e são excessivas em pontos específicos.

Caso você tenha problemas de colesterol ruim em excesso, o consumo de proteínas animais pode ser um contribuinte para o agravamento dos casos, por isso é importante evitar.

Por fim, pessoas com deficiências renais também devem ter cuidado, uma vez que a proteína exige um esforço maior dos rins para funcionar, o que pode trazer prejuízos.

Caso você não se enquadre em nenhum destes casos poderá fazer a dieta sem nenhum problema, mas não deixe de se atentar e consultar um médico, pois ele saberá te ajudar a avaliar se esta é uma boa opção para o seu organismo.

Por quanto tempo é preciso e permitido seguir a dieta da proteína?

O tempo que se segue uma dieta é muito importante, pois isto diz respeito ao limite para que aquilo não lhe cause nenhum problema, mas ainda assim traga bons resultados.

Por ter condições e limitações específicas, a dieta da proteína não deve ser seguida por um tempo longo, pois restringe nutrientes muito importantes para o organismo.

Um tempo seguro para seguir a dieta da proteína é de 10 a 15 dias, sendo este período o suficiente para eliminar até 7 quilos.

Depois deste período você deverá investir em uma reeducação alimentar, além de uma dieta equilibrada e uma rotina completa de exercícios para conseguir resultados ainda mais significativos.

Cardápio para 5 dias da dieta da proteína

Um dos segredos para conseguir seguir corretamente uma dieta é ter um cardápio definido, pois assim se evita aquela situação de furar a dieta por não saber o que fazer para o jantar.

Pensando nisso, nós separamos um cardápio completo, com todas as refeições principais do dia, para seguir por 5 dias.

Veja agora nossa sugestão, e dessa forma poderá ter sucesso com mais facilidade no seu plano de emagrecimento.

1º dia:

Café da manhã: omelete com queijo branco e tomates e café com leite desnatado.

Refeição complementar: uma goiaba inteira.

Almoço: filé de pescada com salada de pimentão fresco temperado com salsa, limão e sal.

Café da tarde: uma barra de proteínas.

Jantar: frango refogado com tomate e milho verde e salada de repolho fresco.

2º dia:

Café da manhã: Suco de laranja com 2 ovos mexidos com mussarela.

Refeição complementar: uma porção de damascos e ameixas secas.

Almoço: filé de peito de frango temperado com ervas e salada de pepino temperada com limão.

Café da tarde: vitamina de abacate.

Jantar: salada de feijão branco com picadinho de carne vermelha.

3º dia:

Café da manhã: omelete com frango desfiado e queijo e suco de limão.

Refeição complementar: banana com aveia e mel.

Almoço: coxa de frango assada com grão de bico e salada de alface e quinoa.

Café da tarde: dois pêssegos.

Jantar: sopa de carne com ervilhas.

4º dia:

Café da manhã: uma fatia de pão integral com ovo mexido e queijo branco e leite desnatado com café.

Refeição complementar: mix de melão, banana, framboesas e suco de laranja.

Almoço: filé de peixe de sua preferência com salada de alface, mussarela, tomate e grãos.

Café da tarde: iogurte desnatado com uvas passas.

Jantar: sopa de grão de bico com couve.

5º dia:

Café da manhã: ovos mexidos com tofu e vitamina com banana e leite desnatado.

Refeição complementar: mix de frutas secas (uvas passas, damasco seco e ameixa seca) e uma barra de proteínas.

Almoço: filé de salmão grelhado com salada de agrião, cebola e tomate, temperada com limão.

Café da tarde: um corpo de café com leite desnatado e uma fatia de pão integral com queijo branco.

Jantar: carne vermelha em cubos com lentilha e salada de grão de bico.

Esta é uma sugestão para 5 dias da dieta da proteína, que você pode seguir por mais dois períodos, até que se complete 15 dias.

Não se esqueça de ter uma rotina de exercícios, pois isto lhe será um grande auxílio e ajudará a queimar calorias com mais rapidez.

Caso seja o que precise, a dieta da proteína será uma excelente maneira de atingir seus resultados, por isso não deixe de usá-la e perder estes quilos a mais que te incomodam e prejudicam sua saúde!

5/5 - (1 vote)
Compartilhar:

Gostou? Alguma dúvida? Deixe seu comentário!

comentários

Método Revolucionário Elimina Até 10kg em 27 dias!Clique Aqui!